https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/t1.0-9/998935_721692497847799_332490081_n.jpg



Quer curtir uma Musica...por favor, ligue o RÁDIO!!
CLIQUE ABAIXO!











=PARA VIVER COM POESIA=

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as
únicas que o vento não consegue levar:
um estribilho antigo, o carinho no momento preciso,
o folhear de um livro,
o cheiro que um dia teve o próprio vento...

=(Mário Quintana - Para Viver Com Poesia)=





...







domingo, 5 de janeiro de 2014

Os Ombros Suportam o Mundo= ( Carlos Drummond de Andrade)=


Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus.
Tempo de absoluta depuração.
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
Porque o amor resultou inútil.
E os olhos não choram.
E as mãos tecem apenas o rude trabalho.
E o coração está seco.
Em vão mulheres batem à porta, não abrirás.
Ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes.
És todo certeza, já não sabes sofrer.
E nada esperas de teus amigos.
Pouco importa venha a velhice, que é a velhice?
Teus ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo
prefeririam (os delicados) morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR DESTE BLOG...A POESIA AGRADECE!!!CLIQUE ABAIXO..

Meus Amigos Queridos!

Postagens populares

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Deixe o seu comentário!