https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/t1.0-9/998935_721692497847799_332490081_n.jpg



Quer curtir uma Musica...por favor, ligue o RÁDIO!!
CLIQUE ABAIXO!











=PARA VIVER COM POESIA=

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as
únicas que o vento não consegue levar:
um estribilho antigo, o carinho no momento preciso,
o folhear de um livro,
o cheiro que um dia teve o próprio vento...

=(Mário Quintana - Para Viver Com Poesia)=





...







segunda-feira, 10 de março de 2014

(CAIO FERNANDO ABREU)


Se não for hoje, um dia será. Algumas coisas, por mais
impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe,
bem no fundo, que foram feitas para um dia dar certo.

(CAIO FERNANDO ABREU)

=Caio F. Abreu=


- Vou ser feliz, sem me importar com o
que isso irá causar aos outros…
o importante é que não estou fazendo mal
a ninguém, pelo contrário!
Estou apenas enterrando as impurezas e toxinas
da minha vida e deixando brotar uma bela e frutífera
árvore, e que seja doce…

=Caio F. Abreu=

[Arnalda Rabelo].


" Amor é leveza. É cuidado.
É doçura. Amor é muito mais que isso.
Amor é FÉ. "

[Arnalda Rabelo].

=Amyr Klink=


Descobri como é bom chegar quando se tem paciência.
E para se chegar, onde quer que seja,
aprendi que não é preciso dominar a força,
mas a razão.
É preciso, antes de mais nada, querer.

=Amyr Klink=

=Alexandre Molina=


Ame na mesma frequência, numa sintonia fina, sem ruídos.
Dance a mesma música, encontre o tom, sinta a melodia.
Sempre há uma trilha sonora para uma vida enCANTADA!

__Alexandre Molina

=Hermógenes=


"Se te contentas com os frutos ainda verdes,
toma-os, leva-os, quantos quiseres.
Se o que desejas, no entanto, são os mais saborosos,
maduros, bonitos e suculentos, deverás ter paciência.
Senta-te sem ansiedades.
Acalma-te, ama, perdoa, renuncia,
medita e guarda silêncio.
Aguarda.
Os frutos vão amadurecer."

______________________Hermógenes

"... Deus ama o belo=Ellen G. White=


"... Deus ama o belo;
e, no mundo que ele nos aparelhou, não somente
nos deu tudo que
é necessário para nosso conforto,
como também
encheu de beleza os céus e a Terra..."

_________________Ellen G. White

=Caio Augusto Leite=



“Não importa,
eu vou te buscar do outro lado do muro,
do outro lado do mundo.
Toda distância é mínima
perto da minha vontade de te encontrar.”

___________Caio Augusto Leite

'' Tem dia=Renata Fagundes=


que tá tudo tão bonito dentro da gente.
Nada de mirabolante e inesperado aconteceu,
mas o sorriso tá saindo fácil
e o coração
cantarolando calmamente... '

_____________Renata Fagundes

=J G de Araujo Jorge=


Borboleta multicor
tu me lembras, ao passar,
um bilhetinho de
amor dobrado em dois, a voar...

=J G de Araujo Jorge=

O café é tão grave=_Mário Quintana=


tão exclusivista, tão definitivo
que não admite acompanhamento sólido.
Mas eu o driblo, saboreando,
junto com ele,
o cheiro das torradas-na-manteiga
que alguém pediu na mesa ao lado.

___________Mário Quintana

=Charlie Brown Jr. =


Felicidade
é poder estar com
quem você gosta em
algum lugar.

=Charlie Brown Jr. =

=Vladimir Maiakovski=


"A Terra deveria girar com esse único propósito:
O encontro das almas. O resto seria resto.
E tudo seria pra sempre Brilhar pra sempre.
Brilhar como um farol. Brilhar com.brilho eterno.
Gente é pra brilhar. Esse é o meu slogan. E do sol."

=Vladimir Maiakovski=

Os Peixes=Ledo Ivo=,


Os peixes estão no lago, os dardos escondidos.
Entre as pedras e o lodo eles avançam
túrgidos como o amor.
Venha a mão do desejo turvar a água clara
e eles serão o amor, o sol que penetra em gretas
nupciais,
as espadas cobertas de saliva.

=Ledo Ivo=,

O portão=Ledo Ivo=,


O portão fica aberto o dia inteiro
mas à noite eu mesmo vou fechá-lo.
Não espero nenhum visitante noturno
a não ser o ladrão que salta o muro dos sonhos.
A noite é tão silenciosa que me faz escutar
o nascimento dos mananciais nas florestas.
Minha cama branca como a via-láctea
é breve para mim na noite negra.
Ocupo todo o espaço da mundo. Minha mão
desatenta
derruba uma estrela e enxota um morcego.
O bater de meu coração intriga as corujas
que, nos ramos dos cedros, ruminam o enigma
do dia e da noite paridos pelas águas.
No meu sonho de pedra fico imóvel e viajo.
Sou o vento que apalpa as alcachofras
e enferruja os arreios pendurados no estábulo.
Sou a formiga que, guiada pelas constelações,
respira os perfumes da terra e do oceano.
Um homem que sonha é tudo o que não é:
o mar que os navios avariaram,
o silvo negro do trem entre fogueiras,
a mancha que escurece o tambor de querosene.
Se antes de dormir fecho o meu portão
no sonho ele se abre. E quem não veio de dia
pisando as folhas secas dos eucaliptos
vem de noite e conhece o caminho, igual aos mortos
que todavia jamais vieram, mas sabem onde estou
— coberto por uma mortalha, como todos os que
sonham
e se agitam na escuridão, e gritam as palavras
que fugiram do dicionário e foram respirar o ar da
noite que cheira a jasmim
e ao doce esterco fermentado.
os visitantes indesejáveis atravessam as portas
trancadas e as persianas que filtram a passagem da brisa
e me rodeiam.
Ó mistério do mundo, nenhum cadeado fecha o
portão da noite.
Foi em vão que ao anoitecer pensei em dormir
sozinho
protegido pelo arame farpado que cerca as minhas
terras
e pelos meus cães que sonham de olhos abertos.
À noite, uma simples aragem destrói os muros dos
homens.
Embora o meu portão vá amanhecer fechado
sei que alguém o abriu, no silêncio da noite,
e assistiu no escuro ao meu sono inquieto.

The gate, este poema em inglês
=Ledo Ivo=,

Soneto Presunçoso=Ledo Ivo=,


Que forma luminosa me acompanha
quando, entre o lusco e o fusco, bebo a voz
do meu tempo perdido, e um rio banha
tudo o que caminhei da fonte à foz?

Dos homens desde o berço enfrento a sanha
que os difere da abelha e do albatroz.
Meu irmão, meu algoz! No perde-e-ganha
quem ganhou, quem perdeu, não fomos nós.

O mundo nada pesa. Atlas, sinto
a leveza dos astros nos meus ombros.
Minha alma desatenta é mais pesada.

Quer ganhe ou perca, sou verdade e minto.
Se pergunto, a resposta é dos assombros.
No sol a pino finjo a madrugada.

=Ledo Ivo=,

domingo, 9 de março de 2014

SONETO DE FIDELIDADE =Vinicius de Moraes=



De tudo ao meu amor serei atento antes,
Que com tal zelo, e sempre,
e tanto Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor que tive
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

=Vinicius de Moraes=

MENINA DA ROSA BRANCA= José Augusto Simões=



Menina da rosa branca
Que usas no teu cabelo?
-A rosa a todos encanta
Apanhei-a no Restelo.

Essa rosa tão bonita
É igual ao teu andar.
A rosa que tão bem te fica
Lindo coração para amar.

Essas palavras de amor
A mim não dizem nada
Agradeço o seu louvor
Não fico apaixonada.

Esses teus olhos brilhantes
Com tua face rosada
Fazem parar os galantes
Que te querem p´ra namorada.

Podem parar à vontade
A todos digo que não
Ainda não tenho idade
Para dar o meu coração.

Todos olham rosa tão bela
Apanhada no Restelo
Muitos a morrer por ela
Quando está no teu cabelo…

A rosa do meu cabelo
Ninguém a pode tirar
Apanhei-a no Restelo
Numa noite de luar.

Usa a rosa no cabelo,
Não ponha a rosa ao peito:
Podem julgar que és modelo
E roubar-te a rosa e o jeito…

Lisboa, 15 de Fevereiro de 2012
(à menina da Rosa Branca da Grandoptical do Colombo)

Autopsicografia = Fernando Pessoa=


Fernando Pessoa O poeta é um fingidor.
O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.

01.04.1931

Publicado in Presença, n.º 36, Novembro de 1932.
Fernando Pessoa, Obra Poética e em Prosa, ed.
António Quadros. Porto, Lello & Irmão, 1986.

=Pe. Fábio de Melo=


"Ter amigos é como arvorear:
lançar galhos, lançar raízes.
Para que o outro, quando olhar
a árvore, saiba que nós estamos ali.
Que nós permanecemos para fazer
sombra, para trazer ao outro, um pouco
de aconchego que às vezes ele precisa
na vida."

=Padre Fábio de Melo=

O meu guri =Chico Buarque=1981=


Quando, seu moço, nasceu meu rebento
Não era o momento dele rebentar
Já foi nascendo com cara de fome
E eu não tinha nem nome pra lhe dar
Como fui levando, não sei lhe explicar
Fui assim levando ele a me levar
E na sua meninice ele um dia me disse
Que chegava lá
Olha aí
Olha aí
Olha aí, ai o meu guri, olha aí
Olha aí, é o meu guri
E ele chega

Chega suado e veloz do batente
E traz sempre um presente pra me encabular
Tanta corrente de ouro, seu moço
Que haja pescoço pra enfiar
Me trouxe uma bolsa já com tudo dentro
Chave, caderneta, terço e patuá
Um lenço e uma penca de documentos
Pra finalmente eu me identificar, olha aí
Olha aí, ai o meu guri, olha aí
Olha aí, é o meu guri
E ele chega

Chega no morro com o carregamento
Pulseira, cimento, relógio, pneu, gravador
Rezo até ele chegar cá no alto
Essa onda de assaltos tá um horror
Eu consolo ele, ele me consola
Boto ele no colo pra ele me ninar
De repente acordo, olho pro lado
E o danado já foi trabalhar, olha aí
Olha aí, ai o meu guri, olha aí
Olha aí, é o meu guri
E ele chega

Chega estampado, manchete, retrato
Com venda nos olhos, legenda e as iniciais
Eu não entendo essa gente, seu moço
Fazendo alvoroço demais
O guri no mato, acho que tá rindo
Acho que tá lindo de papo pro ar
Desde o começo, eu não disse, seu moço
Ele disse que chegava lá
Olha aí, olha aí
Olha aí, ai o meu guri, olha aí
Olha aí, é o meu guri

= CHICO BUARQUE DE HOLANDA, =

= Caetano Veloso=


Às vezes no silêncio da noite,
Eu fico imaginando nós dois,
Eu fico ali sonhando acordado
Juntando o antes, o agora e o depois.
Por que você me deixa tão solto?
Por que você não cola em mim?
Tô me sentindo muito sozinho,
Não sou nem quero ser o seu dono.

= Caetano Veloso=

Um Dia


Um dia descobrimos que beijar uma
pessoa para esquecer outra
é bobagem.

Você só não esquece a outra
pessoa como pensa muito
mais nela....

Um dia percebemos que as
melhores provas de amor são
as mais simples...

Um dia percebemos que o
comum não nos atrai...

Um dia saberemos que ser
classificado como o "bonzinho"
não é bom...

Um dia perceberemos que a pessoa
que nunca te liga é a que mais
pensa em você...

Um dia saberemos a importância
da frase:
"Tu te tornas eternamente
responsável por aquilo que cativas..."

Um dia percebemos que somos
muito importantes para alguém,
mas não damos valor a isso...

Enfim... um dia descobrimos
que apesar de viver quase um século
esse tempo todo não é suficiente
para realizarmos todos os
nossos sonhos,

para beijarmos todas as bocas
que nos atraem, para dizer tudo
o que tem que ser dito
naquele momento.

Não existe hora certa para dizer o
que sentimos se quem estiver
te ouvindo não te compreender,
não te merecer...

O jeito é: ou nos conformamos com
a falta de algumas coisas na nossa
vida ou lutamos para realizar
todas as nossas loucuras...

Quem não compreende um olhar
tampouco compreenderá uma
longa explicação.

= Mário Quintana=

Eu não existo sem você=Vinicius de Moraes=


Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você.

=Vinicius de Moraes=

= Mário Quintana=


...Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto "caçador" e fazem qualquer homem sofrer ...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples... Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom...
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos
todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas
as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

= Mário Quintana=

= Autor desconhecido=


As únicas pessoas que nunca fracassam são
as que nunca tentam.

= Autor desconhecido=

= Autor desconhecido=


A gente não faz amigos, reconhece-os.

= Autor desconhecido=

= Autor desconhecido=


O talento educa-se na calma,
o caráter no tumulto da vida.

= Autor desconhecido=

=Rubem Alves=


A paixão é emoção gratuita.
Não há causas que a expliquem.
Mas, quando acontece, ela age como uma artista:
da paixão surgem cenas de beleza.
Os amantes se imaginam andando de mãos dadas
por campos floridos; abraçados numa rede; silenciosos,
diante do fogo da lareira; contemplando o rosto de
um nenezinho adormecido... Paisagens de paixão.

=Rubem Alves=

=Augusto Cury=


O destino não é frequentemente inevitável,
mas uma questão de escolha.
Quem faz escolha, escreve sua própria história,
constrói seus próprios caminhos.

=Augusto Cury=

=Rubem Alves=


"Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música
não começaria com partituras, notas e pautas.
Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria
sobre os instrumentos que fazem a música.
Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria
que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas
escritas sobre cinco linhas.
Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são
apenas ferramentas
para a produção da beleza musical. A experiência da
beleza tem de vir antes".

=Rubem Alves=

=Rubem Alves=


A alma é uma coleção de belos quadros adornecidos,
os seus rostos envolvidos pela sombra. Sua beleza é triste
e nostálgica porque, sendo moradores da alma, sonhos,
eles não existem do lado de fora. Vez por outra, entretanto,
defrontamo-nos com um rosto (ou será apenas uma voz, ou uma
maneira de olhar, ou um jeito da mão...) que, sem razões, faz a
bela cena acordar. E somos possuídos pela certeza de que este rosto
que os olhos contemplam é o mesmo que, no quadro, está escondido
pela sombra. O corpo estremece. Está apaixonado.
Acontece, entretanto, que não existe coisa alguma que seja do tamanho
do nosso amor. A nossa fome de beleza é grande demais.(...)
Cedo ou tarde descobrirá que o rosto não é aquele. E a bela cena
retornará à sua condição de sonho impossível da alma.
E só restará a ela alimentar-se da nostalgia que rosto
algum poderá satisfazer...

=Rubem Alves=

=Rubem Alves=


Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros
desaprendam a arte do vôo.
Pássaros engaiolados são pássaros sob controle.
Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser.
Pássaros engaiolados sempre têm um dono.
Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados.
O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar
aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo,
isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro
dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado.
Só pode ser encorajado.

=Rubem Alves=

=Rubem Alves=


Ao final de nossas longas andanças, chegamos finalmente ao lugar.
E o vemos então pela primeira vez.Para isso caminhamos a
vida inteira:para chegar ao lugar de onde partimos.E, quando chegamos,
é surpresa.È como se nunca o tivéssemos visto.Agora, ao final
de nossas andanças, nossos olhos são outros, olhos de velhice,
de saudade.

=Rubem Alves=

=Rubem Alves=


Toda alma é uma música que se toca.

=Rubem Alves=

=Rubem Alves=


A celebração de mais um ano de vida é a celebração de um desfazer,
um tempo que deixou de ser, não mais existe.Fósforo que foi
riscado.Nunca mais acenderá.Daí a profunda sabedoria do ritual
de soprar as velas em festa de aniversário.Se uma vela acesa é
símbolo de vida, uma vez apagada ela se torna símbolo de morte.

=Rubem Alves=

=Rubem Alves=


Amar é ter um pássaro pousado no dedo.
Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que,
a qualquer momento, ele pode voar.”

=Rubem Alves=

=(Ita Portugal)=


''Se eu correr, me acompanhe.
Se eu esmorecer me apoie.
Se eu tentar desistir, não me deixe.
Se a alegria me faltar em alguns momentos,
faça riso.
Se eu tiver dúvidas me dê razões para eu confiar.
Sobretudo se eu disser, preciso de ti, fique,
porque é de ti que eu realmente preciso..."

(Ita Portugal)

=Caetano Veloso=


Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida
Eu vou te amar
A cada despedida
Eu vou te amar
Desesperadamente
Eu sei que vou te amar...

=Caetano Veloso=

=Caetano Veloso=


Vi que sem você não há caminho,
eu não me acho
Vi um grande amor gritar dentro de mim como
eu sonhei um dia
Quando o meu mundo era mais mundo
E todo mundo admitia
Uma mudança muito estranha
Mais pureza, mais carinho mais calma,
mais alegria
No meu jeito de me dar
Quando a canção se fez mais clara e mais sentida...

=Caetano Veloso=

=Caetano Veloso=


” Nada tem que dar certo.
Nosso amor é bonito,
Só não disse ao que veio;
Atrasado e aflito,
E paramos no meio.
Sem saber os desejos aonde é que iam dar…
E aquele projeto ainda está no ar. “

=Caetano Veloso=

=Caetano Veloso=


Meu negócio agora é sexo e amizade. Acho esse negócio
de amor uma coisa muito chata.

Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.
Sou contra a reserva de mercado. Tem mais é que
abrir as portas para a Madonna abrir as pernas.

Eu sou um preguiçoso que trabalha muito.
A força da grana que ergue e destrói coisas belas.
Desde pequeno eu achava que seria célebre.
O tempo não pára e, no entanto, ele nunca envelhece.
É impressionante a força que as coisas parecem
ter quando elas precisam acontecer.

=Caetano Veloso=

=Caetano Veloso=


Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós...
A força desse amor
Nos invadiu...
Com ela veio a paz, toda beleza de sentir
Que para sempre uma estrela vai dizer
Simplesmente amo você...

Meu amor
Vou lhe dizer...
Quero você
Com a alegria de um pássaro
Em busca de outro verão...
Na noite do sertão
Meu coração só quer bater por ti
Eu me coloco em tuas mãos
Pra sentir todo o carinho que sonhei
Nós somos rainha e rei

Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós
A força desse amor nos invadiu...
Então...
Veio a certeza de amar você...

=Caetano Veloso=

=Caetano Veloso=


Qualquer maneira de amor vale a pena
Qualquer maneira de amor vale amar...

=Caetano Veloso=

Coisa Mais Linda=Caetano Veloso=Para vc Viviane querida!!=


Coisa mais bonita é você,
Assim,
Justinho você
Eu juro,eu não sei porque você
Você é mais bonita que a flor,
Quem dera,
A primavera da flor
Tivesse todo esse aroma de beleza que é o amor
Perfumando a natureza,
Numa forma de mulher
Porque tão linda assim não existe a flor
Nem mesmo a cor não existe
E o amor
Nem mesmo o amor existe
Porque tão linda assim não existe
A flor
Nem mesmo a cor não existe
E o amor,
Nem mesmo o amor existe.

=Caetano Veloso=

Total de visualizações de página

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR DESTE BLOG...A POESIA AGRADECE!!!CLIQUE ABAIXO..

Meus Amigos Queridos!

Postagens populares

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Deixe o seu comentário!