https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/t1.0-9/998935_721692497847799_332490081_n.jpg



Quer curtir uma Musica...por favor, ligue o RÁDIO!!
CLIQUE ABAIXO!











=PARA VIVER COM POESIA=

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as
únicas que o vento não consegue levar:
um estribilho antigo, o carinho no momento preciso,
o folhear de um livro,
o cheiro que um dia teve o próprio vento...

=(Mário Quintana - Para Viver Com Poesia)=





...







sexta-feira, 2 de outubro de 2015

=Antoine de Saint-Exupéry=


Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e
não encontram o que procuram. E, no entanto,
o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa.

=Antoine de Saint-Exupéry= 

=Erasmo Carlos =


Mulher! Mulher!
Do barro de que você foi gerada
Me veio inspiração
Pra decantar você nessa canção.
...........
=Erasmo Carlos =

(Ita Portugal)=


Deus me livre de gente que não entende que a beleza está na essência,
que a melhor riqueza é a da alma e que as experiências amadurecem.
Gente que não sabe o valor do abraço que acolhe e da mão que aceita,
da música que embala, do colo que serve de descanso.
Gente que pensa que as coisas não mudam. Elas mudam continuamente.
Gente que usa da vaidade que deturpa, do orgulho que afasta.
Precisamos de gente que acredita na fé que fortalece e no amor que abastece,
faz rir, distrai, enrosca, toca, cura, salva e tem a chance de ser maior do que a gente pensa.
É essa gente que, sutil ou não, faz a diferença.
(Ita Portugal)

=Pablo Neruda=


Te Trarei das Montanhas Flores alegres , Avelãs escuras
e Cestas Silvestres de beijos .

=Pablo Neruda=

Sobre as muralhas do mar =Meireles,Cecília=


Sobre as muralhas do mar
conversaremos.
Sobre as muralhas do mar, entre areias,
espumas, colunas,
o que passa e o que perdura.
Conversaremos.
Conversaremos de um tempo
que imaginamos.
Que não houve: azuis e verdes caminhos, destinos, glorias.

Conversaremos.
Os muros do mar são altos.
E esquecemos.

E as perguntas ficam intactas,
não mudadas em respostas.
Como é o som das palavras sobre as ondas?
E um riso de asas, de brisas
de uma alegria selvagem escutaremos.
No longínquo mar das almas.
Não conversaremos

Cecília Meireles In: Poesia Completa
Viagem (1939)

(Rosi Coelho)


Por não encontrar as palavras certas,
descobri que o sorriso tem um efeito tão bom quanto.
Coisa boa receber um amigo com um sorriso, conquistar um amor
com um sorriso, enfrentar as dificuldades com um sorriso.
E nada melhor que amanhecer em nós sorrisos para deixar a vida,
que já é linda ainda mais encantadora.
(Rosi Coelho)

''Os sonhos são flores altas''= Cecília Meireles In Canções -1956-


Os sonhos são flores altas
de umas distantes montanhas
que um dia se alcançarão.

Resta a areia, resta o barro,
pobreza de folha e conchas
em campos de solidão.
A menina da varanda,
com tantas asas nos braços e borboletas na mão,

viu partirem grandes barcos, por mares que não são de água mas sim de recordação.

Os sonhos são flores altas
dentro dos olhos fechadas, além da imaginação.

A menina da varanda dormirá sobre os seus ossos.
E os sonhos, flores tão altas,
de seus ossos nascerão.

(Dan Cezar)=


É que paz de espírito não se compra na banca da esquina.
É prêmio maior por atitudes únicas.
É descanso merecido pelo trabalho bem feito.
É consciência em paz pelo dia correto.
É sono tranqüilo por merecimento.

(Dan Cezar)

Meireles, Cecília = Primavera=


A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome,
nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la.
A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os
habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda
circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida
para a primavera que chega.
Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra,
nesse mundo confidencial das raízes, — e arautos sutis
acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer,
no espírito das flores.

Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos
cor-de-rosa,como os palácios de Jeipur. Vozes novas de
passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua
nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se
pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que
não se entende.
Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno,
quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente,
e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.

Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as
árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os
humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores,
com vestidos bordados de flores,com os braços carregados de
flores, e vem dançar neste mundo cálido,de incessante luz.

Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não
se esquece,e a terra maternalmente se enfeita para as
festas da sua perpetuação.

Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia,
talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no
momento que quiserem,independentes deste ritmo, desta
ordem, deste movimento do céu.E os pássaros serão outros,
com outros cantos e outros hábitos,— e os ouvidos que por
acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que,
outrora se entendeu e amou.
Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos
atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão
beijinhos para o ar azul. Escutemos estas vozes que andam
nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda
conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo
tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai
tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra.
Os casulos brancos das gardênias ainda estão sendo
enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam
com suas roupas de chita multicor.

Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser
lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente,
ao que vem, na rotação da eternidade.
Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera.

"Cecília Meireles, in Obra em Prosa - Volume 1",

(Silvana Gonçalves Luiz)


Benditos os mais puros e simples gestos;
Sentimo-nos acariciados...envaidecidos...vivos e felizes.
São simples momentos que não custam nada, mas com certeza se eternizarão!

(Silvana Gonçalves Luiz)

(Wanderly Frota) =Gratidão =


Palavra pequena de enorme significado.
Um coração que sabe agradecer, revive, é iluminado, é abençoado por Deus.
Quem agradece tem mais chances de ser extremamente feliz.
(Wanderly Frota)

(Carlos Drummond de Andrade)


O ser busca outro ser, ao conhecê-lo acha a razão de ser,
já dividido.
São dois em um:
Amor, sublime selo que à vida imprime cor, graça e sentido.

(Carlos Drummond de Andrade)

Campanha contra o cancêr de mama.


(desconheço o autor)...Foto:Taíza Sigwalt.


"Não te aflijas com a pétala que voa:
também é ser, deixar de ser assim.
Rosas verá, só de cinzas franzida,
mortas, intactas pelo teu jardim.

Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.

E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim."

Total de visualizações de página

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SEGUIDOR DESTE BLOG...A POESIA AGRADECE!!!CLIQUE ABAIXO..

Meus Amigos Queridos!

Postagens populares

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Deixe o seu comentário!